Como acabar com o mau hálito: com o teste da Halimetria, feito por especialistas, é possível identificar a origem do problema.

Como acabar com o mau hálito: com o teste da Halimetria, feito por especialistas, é possível identificar a origem do problema.

Halitose, mais conhecida como mau hálito, é um embaraçoso problema que ninguém quer ter, mas a maioria de nós tem e não conseguimos identificar ou resolver o problema. Muitas pessoas tentam de tudo: desde uma boa alimentação com alimentos de fácil digestão, higiene bucal em dia, consultas com vários profissionais (dentista, otorrinolaringologista, gastroenterologista etc.), realizando diferentes exames complementares — muitas vezes desnecessários —, sem que se estabeleça a real causa do mau odor, com tratamentos que geralmente o amenizam por um tempo, mas não solucionam o problema.

Para descobrir como curar o mau hálito, deve-se entender o que o causa realmente, pois estamos acostumados encontrar informações sobre como acabar mau hálito e dicas simples que podem sanar o problema: como escovar e passar fio dental nos dentes de maneira correta, limpeza da língua, hidratação com frequência, cuidado com o que come etc. Muitas coisas podem estar por detrás do mau hálito, pois há uma parcela dos casos que pode estar associada a doenças sistêmicas, como deficiências renais ou hepáticas, diabetes, sinusite, problemas respiratórios e amígdalas inflamadas etc; por isso o mau hálito permanece.

Quais os motivos do mau hálito?

O mau hálito é causado pela presença de gases malcheirosos que podem vir da boca, nariz (seios paranasais), pulmão ou do aparelho digestivo. Para identificar o mau hálito, é preciso identificar se o problema é sistêmico ou de origem bucal. Mau hálito não é considerado uma doença, mas serve como um alerta de que algo está errado em nosso corpo.

Problemas bucais podem ser causados muitas vezes por cáries, tratamento de canais não concluídos, raízes residuais, periodontites, gengivites, abscessos gengivais, saburra lingual, má escovação etc. Já o mau hálito de origem não bucal pode surgir por estresse, gastrite, prisão de ventre, bebidas alcoólicas, fumo, sinusite, rinite, alimentos de forte odor, gripes ou resfriados etc. O teste halimetria é feito para descobrir qual é a causa do mau hálito e qual é o tratamento correto, para resolver o problema de forma ágil e definitiva.

Como fazer o teste de halimetria

1 – Procurar uma clínica especializada;

2 – Exame físico;

3 – Passar por avaliação clínica, em que uma anamnese é realizada para se avaliarem as possíveis causas do mau hálito;

4 – Estudo da produção e composição da saliva;

5 – Estudo da flora bacteriana da boca.

O exame de Halimetria é feito com um aparelho que detecta e determina a quantidade dos gases causadores do mau hálito. O exame é não invasivo, é confortável e realizado com coleta do ar exalado para dosagem dos diferentes compostos causadores do odor.

Com esses passos, você pode identificar mais rápido a solução e o profissional adequado para procurar e tratar o seu incômodo. Um relatório completo é realizado de forma a orientar o tratamento para cada caso.

Onde você pode fazer o exame de halimetria?

A Proctocentro possui especialistas que podem realizar o teste de halitose e orientar o paciente sobre qual deve ser o tratamento correto para o problema. Possui tecnologia eficiente nos testes, que são capazes de identificar com precisão o motivo do mau hálito. Conheça mais sobre o teste com nossos especialistas neste vídeo:

NOSSOS ESPECIALISTAS

Dr. Eduardo Vaz de Castro

Dra. Ana Maria Alves Soares de Castro

Informações de contato

TELEFONES:

(61) 3244-6812 / (61) 3242-8517
WhatsApp:

(61) 98173-4484 / (61) 98173-4481

ENDEREÇO:

SEPS 709/909 (Sul)
Ed. Biocenter – entrada pela sala 115.

© Copyright – todos os direitos reservados | PROCTOCENTRO

Telefone Clínica Rehgio
Nossa equipe de atendimento está aqui para lhe atender!
WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento Para Consultas
AGENDE UMA CONSULTA
Longe
WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento Para Exames
AGENDE UM EXAME
Longe